Educação Financeira para todos

Para conseguir uma oportunidade de trabalho, é essencial elaborar um bom currículo, que vai dizer um pouco sobre você, suas habilidades e objetivos. 

Seu currículo

Na busca pelo primeiro emprego, o currículo deve ser bem escrito e direto, sem a preocupação de “recheá-lo”, por conta da sua falta de experiência. Cada etapa da vida profissional tem suas características e você está iniciando a sua agora. O caminho é fazer uma descrição clara e verdadeira sobre você, evitando alguns erros bem comuns que podem atrapalhar suas chances de contratação.

Atenção ao seu perfil
Um ponto importante a observar é a facilidade de se pesquisar, nas redes sociais, por exemplo, sobre os candidatos. Portanto, é fundamental cuidar da sua imagem: a forma como você se expõe no mundo virtual deve ser coerente com a que descreve no currículo.

Antes de encaminhar seu currículo para algum anúncio de vaga, leia com atenção e reflita se a sua descrição ali está de acordo com o perfil solicitado. É recomendável realizar alguns ajustes, destacando aspectos que podem ser relevantes a uma determinada oportunidade de trabalho.

Como fazer um currículo
Alguns cuidados, como boa apresentação (layout tradicional, sem grandes invenções), organização (listando as informações de forma bem estruturada), objetividade e boa redação são essenciais para a elaboração de um currículo adequado. 

Diante da falta de experiência profissional, algumas informações são fundamentais na análise do seu currículo, como por exemplo: formação escolar, idiomas, voluntariado, hobbies e viagens realizadas. Confira as dicas:

  1. Dados Pessoais:coloque-os no início do currículo para facilitar sua identificação. Entram aqui: nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, região, telefone (celular, residencial ou para recados) e e-mail (caso não possua, crie um mais formal).
  2. Objetivo:indique o cargo de interesse ou área de atuação. Se houver mais de uma, faça mais de um currículo, com objetivos diferentes.
  3. Formação Acadêmica: informe o seu grau de escolaridade e comece pela sua atual ou última graduação, até chegar à primeira. Caso seja seu único curso de graduação, informe também nível técnico ou ensino médio. Inclua: nome da instituição, curso e ano de conclusão ou previsão de término.
  4. Habilidades: entram aqui idiomas, informática e cursos extracurriculares ou profissionalizantes. No caso de língua estrangeira, especifique-as, informando seu nível de fluência. Experiências de intercâmbio são sempre valorizadas.
  5. Extras:inclua os treinamentos e cursos realizados que tiverem relação com a futura área de atuação. Caso tenha experiências no mercado informal (voluntariado, por exemplo), descreva-as aqui. Vale listar no currículo trabalhos em uma empresa familiar, em organização de pequenos eventos e até um trabalho temporário.
  6. Atividades Complementares: valorize atividades que você desenvolveu no meio acadêmico. Projeto de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e atuação em empresa júnior da faculdade também podem ser mencionados.

Erros a evitar:

  • Não informe o número dos seus documentos pessoais.
  • Envie foto somente se for solicitada. Neste caso, tenha bastante critério para escolha da foto.
  • Não inclua pretensão salarial, se não tiver sido pedida no anúncio.
Seu currículo

Compartilhar