Educação Financeira para todos

Ano novo, vida nova! Caso você já tenha seu planejamento elaborado, que tal aproveitar o momento para analisá-lo com maior atenção? 

Planejamento deve ser flexível

Lembre-se: é importante ter controle de sua vida financeira, mas com flexibilidade. Isso significa fazer os ajustes devidos sempre que necessário, revendo estratégias, revisando seu orçamento, de acordo com as etapas da vida. 

Que tal um exemplo prático? Um aumento de salário é um bom motivo para rever seu planejamento. Você pode guardar mais dinheiro, pode investir em um curso de especialização ou mesmo planejar a sonhada viagem, a compra do primeiro carro ou mesmo da primeira casa.

Ao longo da vida, diversos fatores fazem com que nossas prioridades mudem. Isso exige revisão e organização!

Questione sua estratégia
Algumas perguntas podem ajudá-lo neste processo, tais como:

  • O que você ganha hoje é suficiente para atingir suas metas?
  • Como você pode aumentar sua renda?
  • Tem conseguido poupar dinheiro?
  • Há despesas que você pode reduzir, gastos a cortar?
  • Está planejando o seu futuro?

Quais seus objetivos?
Aproveite o momento para analisar como você tem investido o seu dinheiro. Para que deem resultado, é importante que os investimentos estejam atrelados a algum sonho ou objetivo. 

Comprar a casa própria, pagar a faculdade dos filhos, participar da festa de formatura. Cada um desses objetivos tem suas peculiaridades e, por isso, os investimentos efetuados pensando neles devem ser analisados de forma diferente, levando em consideração como prazo e valor necessário para a realização do sonho.

Estratégia ao investir
Seus investimentos devem ser sempre monitorados, analisando os resultados obtidos e os custos envolvidos. Procure compará-los com a performance de outras modalidades e veja se não é hora de realocar seus recursos. Considere também o cenário econômico e as perspectivas para o ano.

Planejamento deve ser flexível

Compartilhar