Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

Entender os efeitos dos juros na hora de investir é fundamental para garantir as melhores escolhas.

Juros e investimentos: como investir meu dinheiro?

Impactos diretos e indiretos das taxas de juros nos títulos de renda fixa
De uma forma simplificada, quanto maior for a taxa básica de juros, maior tende a ser a rentabilidade das aplicações de Renda Fixa atreladas à Selic, diretamente ou indiretamente.

Isto porque, se o título de renda fixa for diretamente atrelado à Selic, qualquer ajuste para mais ou para menos terá impacto imediato. Nos títulos do Tesouro Direto, por exemplo, em que o investidor empresta dinheiro ao Governo, no lugar de emprestar para bancos (como nos CDBs), há papéis com juros pós-fixados que acompanham a Selic e rendem exatamente a variação da taxa.

Sobre os impactos indiretos, entram em cena os títulos indexados ao CDI, papéis que representam a dívida de um banco com outro para captação de recursos. Como os juros básicos são usados como parâmetro para estas transações, a taxa CDI é altamente sensível à variação da Selic.

Os CDBs são exemplos de aplicações que remuneram o CDI. É comum ver títulos que pagam, por exemplo, 90% da taxa CDI (ou até acima disto), o que reforça a importância de acompanhar o indicador para escolher a melhor rentabilidade na hora de investir o seu dinheiro.

Como funciona o mercado de ações?
Em um cenário de aumento dos juros, há consequente retração no consumo (pois o crédito fica mais caro) e as empresas passam a lucrar menos, desvalorizando no mercado.

Como o preço de uma ação reflete a expectativa de lucro da empresa, isto significa que uma queda nas vendas tende a piorar a atratividade de algumas empresas.

Assim como os investidores pessoas físicas, as empresas também contratam empréstimos no mercado e aplicam o dinheiro que têm em caixa. Da mesma forma, as oscilações nos juros afetam diretamente o resultado das empresas e consequentemente o valor de suas ações.

Resgate de investimento, qual o momento certo?
Outro efeito da taxa de juros pode ser sentido nos resgates antecipados que, se forem feitos no momento errado, podem afetar diretamente os ganhos.

Como os títulos pagam uma taxa fixa (atrelada à Selic), mais a variação da inflação ou dos juros básicos, se o investidor decidir vendê-los antecipadamente, poderá conseguir um valor abaixo do que pagou.

Por outro lado, este risco não existirá, se o prazo de vencimento do título for respeitado, pois, sejam quais forem as variações nos juros que acontecerem ao longo do tempo, permanecerá a taxa acordada no momento da compra.

Visite nossa seção Como Investir:
http://financaspraticas.com.br/investir/como-investir

Juros e investimentos: como investir meu dinheiro?

Compartilhar