Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

Fundo de investimento é uma modalidade de investimento coletivo. É uma estrutura formal que reúne recursos financeiros de diversos investidores.

Fundos de Renda Fixa e Fundos DI

O fundo é criado por um administrador, que é geralmente uma instituição financeira. São definidos seus objetivos e as políticas de investimento, categorias de ativos financeiros nas quais poderá investir, taxas a serem cobradas pelos serviços e outras regras gerais de participação e organização.

Todas essas informações são reunidas no regulamento e o fundo é aberto para aplicações.

Fundos de Renda Fxa
Devem aplicar pelo menos 80% de seus recursos em ativos de Renda Fixa. Portanto, têm como principal fator de risco a variação da taxa de juros ou de índice de preços. 

Fundos Referenciados
Têm como objetivo acompanhar a variação de determinado indicador de desempenho definido em seu objetivo. 

Esse indicador pode ser um índice de mercado ou uma taxa de juros, por exemplo. Para isso, devem manter no mínimo 95% de sua carteira em ativos que acompanhem o referido indicador e no mínimo 80% do patrimônio em títulos públicos federais ou ativos de renda fixa considerados de baixo risco de crédito.

O fundo referenciado mais popular é o chamado Fundo DI, cujo objetivo de investimento é acompanhar a variação diária das taxas de juros no mercado interbancário. São um pouco mais sensíveis às variações nas taxas de juros quando comparados aos de curto prazo, embora ainda sejam considerados de baixo risco.

Fonte:
Caderno CVM – Fundos de Investimentos
http://www.portaldoinvestidor.gov.br/portaldoinvestidor/export/sites/portaldoinvestidor/publicacao/Cadernos/CVM-Caderno-3.pdf

Fundos de Renda Fixa e Fundos DI

Compartilhar