Educação Financeira para todos

Nos momentos de instabilidade econômica, a necessidade de controlar o orçamento se torna maior. Que tal aproveitar para organizar suas finanças e aprender a economizar dinheiro?

Como economizar

Com o passar do tempo, a tarefa vira um hábito. Se hoje é preciso apertar o cinto para colocar as contas em dia, ou mesmo superar o momento de desemprego, a prática poderá ser mantida, depois, para a realização de sonhos de curto, médio e longo prazo.

Na prática
Observe seu orçamento com a máxima atenção: se você já tem sua planilha, atualize-a de forma a deixá-la a mais realista possível. Liste todas as suas despesas. 

Com base na comparação receitas x gastos, determine quanto você precisa economizar.

Bloco da economia em casa
Se você mora com amigos ou com seus familiares, forme seu bloco da economia! É fundamental que todos assumam o compromisso de cortar gastos, contribuindo para a gestão do orçamento.

É possível economizar no dia a dia, com pequenas atitudes que, no final do mês, podem fazer uma grande diferença. Confira:

  • coma menos fora de casa
  • deixe o carro em casa
  • pesquise preços
  • reduza despesas: avalie no seu orçamento quais despesas podem ser eliminadas, mesmo que temporariamente, e as que você consegue reduzir.
  • economize água e luz – observe o tempo no banho, feche a torneira enquanto ensaboa a louça, acumule roupas para lavar na máquina ou para passar tudo de uma vez. Substitua as lâmpadas pelas econômicas, procure manter a casa aberta para aproveitar a luz natural, desligue os eletroeletrônicos quando não estiver usando.
  • reveja seus hábitos – verifique, no seu dia a dia, quais gastos podem ser reduzidos. Reveja ou substitua o plano da academia, avalie como você utiliza seu dinheiro e se tem o hábito de comprar por impulso.
  • leve lista no supermercado – em função dos preços altos, uma revisão detalhada dos seus gastos no supermercado pode fazer uma grande diferença no final do mês. Restrinja-se ao necessário.
  • avalie serviços contratados – assinatura de revista, serviços de TV a cabo e internet, plano de saúde etc. São tantos os serviços pelos quais pagamos em nosso dia a dia, que nem nos damos conta. Verifique, um por um, a possibilidade de negociar preços, cogitando a troca de fornecedor ou de pacote se valer a pena.

Share