Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

A perda ou o roubo da carteira com documentos e cartões é extremamente desagradável, mas não tão incomum, ainda mais nas grandes cidades. Sendo assim, vale a pena saber que medidas tomar diante dessa situação, para evitar prejuízos, por exemplo, com o uso indevido do cartão em compras.

Perda ou roubo do cartão

A primeira recomendação é comunicar o fato – seja um simples extravio, seja furto ou roubo – à polícia, registrando um boletim de ocorrência. No caso do estado de São Paulo, o BO de perda ou furto de cartões de crédito, talões de cheques, documentos e até celulares pode ser preenchido pela internet, sem que a pessoa precise ir até a delegacia. Já a comunicação de assalto deve ser feita pessoalmente.

Além da polícia, é necessário avisar o mais rápido possível a central de atendimento do banco emissor do cartão, pedindo o bloqueio imediato do plástico. Para facilitar o contato, recomenda-se que o usuário do cartão sempre mantenha guardados, em lugar seguro, dados relevantes do cartão, como o número e o telefone da central de atendimento. Esses dados geralmente podem ser encontrados na própria fatura, no verso do cartão ou ainda no site do banco emissor.

Em qualquer contato realizado, o consumidor deve anotar número de protocolo, data e horário em que realizou a ligação, bem como o nome de quem o atendeu, para eventuais pedidos de comprovação. E não se esqueça: a cada processo que fizer, guarde cópias dos documentos, incluindo e-mails e correspondências escritas.

Também é importante ficar de olho nas próximas faturas, para verificar a ocorrência de operações suspeitas ou irregulares. Caso observe alguma, comunique imediatamente ao banco emissor do cartão. Ao tomar esses cuidados, você não poderá ser responsabilizado pelo uso indevido do cartão.

Perda ou roubo do cartão

Compartilhar