Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

Diariamente, recebemos dezenas de e-mails. Alguns deles não devem nem ser abertos, já que podem ser usados por criminosos virtuais para aplicar o phishing.

Atenção aos e-mails falsos

O que é phishing?
Como o próprio nome diz, o phishing é um tipo de golpe usado para literalmente pescar informações pessoais ou financeiras dos internautas, como número do cartão, CPF, RG ou senhas de contas bancárias.

A maioria dos golpes por phishing usa como isca um e-mail vinculado a um site falso, mas parecido com o verdadeiro e enviado em nome, por exemplo, de uma instituição financeira ou do Governo, como bancos, operadoras de cartão de crédito, órgãos de defesa do consumidor ou Receita Federal. A mensagem traz inclusive logotipos e layouts conhecidos, tudo para enganar o usuário.

Os dados digitados nesses sites são encaminhados aos fraudadores. Apesar de a prática ser comum, a adoção de algumas medidas simples, ou mesmo a mudança de hábitos de navegação, pode evitar que o golpista atinja o seu objetivo, que é o de roubar seus dados.

Proteja-se
Em primeiro lugar, mantenha-se protegido, instalando programas antivírus, antispams e antispyware. Eles devem ser sempre atualizados, já que a cada dia surgem novas ameaças virtuais. 

Caso receba algum e-mail que solicite dados pessoais, considere-os suspeitos. Não responda a essas mensagens, nem clique no link que pode levá-lo ao site duvidoso.

Você pode também verificar a autenticidade do site, observando se o endereço digitado não muda durante a navegação. Caso seja uma conexão segura, clique no cadeado e veja se a informação do certificado corresponde ao endereço que aparece na barra de endereços do navegador.

Em caso de dúvida, ignore a mensagem e delete-a. Além disso, procure relatar qualquer e-mail ou site suspeito ao banco que emitiu seu cartão.

Atenção aos e-mails falsos

Compartilhar