Atualização de privacidade

Lançamos nosso Centro de Privacidade e atualizamos o Aviso de Privacidade. Saiba mais. >

Educação Financeira para todos

Você faz mensalmente sua planilha financeira e mantém as informações bem organizadas: de um lado, lista tudo o que você ganha e, do outro, a lista detalhada de todas as despesas. Mas ainda assim a conta parece não fechar e o salário não dura até o final do mês.

Atenção aos gastos invisíveis!

Por mais disciplinado que você seja, é provável que um fator esteja passando despercebido pelo seu controle: os gastos invisíveis! Eles costumam ser o grande vilão de muitos orçamentos. Fique atento!

Quem são eles?
O cafezinho no início do dia, o chocolate depois do almoço, a cerveja depois do trabalho. Hábitos simples, despesas pequenas, mas que geram impacto no final do mês, se não forem computadas junto com seu planejamento financeiro.

Experimente listar algumas destas pequenas despesas e calcular o seu custo em um ano. Com inspiração nos exemplos acima, vejamos quanto custam os pequenos hábitos no dia a dia do trabalho (vamos considerar 22 dias úteis para gastos diários).

  • Cafezinho: R$ 3,50 x 22 = R$ 77 por mês ou R$ 924 no ano
  • Chocolate: R$ 2,50 x 22 = R$ 55 por mês ou R$ 660 no ano
  • Happy hour semanal: R$ 50 x 4 = R$ 200 por mês ou R$ 2.400 no ano

Ao longo de um ano, os gastos totais com apenas três itens bastante comuns chegam a significativos R$ 3.984! Com a materialização destas despesas, fica mais fácil entender porque nunca sobra dinheiro para a formação de reservas ou porque aquela viagem tão sonhada nunca sai do papel.

Estabeleça limites
É claro que todos merecemos qualidade de vida e eliminar estes gastos por completo não é o caminho. O importante é definir um teto e respeitá-lo. Em algum momento, será preciso fazer escolhas, mas isto não implica em abrir mão dos pequenos prazeres.

A lista dos gastos invisíveis inclui os valores referentes a multas e juros por atraso no pagamento de alguma conta, por exemplo. Isso porque, por uma simples falta de controle, você pode pagar contas fora do prazo sem nem perceber o impacto no bolso.

As despesas sazonais (aquelas que aparecem apenas em determinadas épocas do ano) também devem entrar na lista e receber atenção especial. São os presentes no dia dos Namorados, dia das Crianças, dos Pais, das Mães, aniversários dos familiares e amigos, passeios escolares entre outros.

Crie controles efetivos
Quando há boletos e faturas chegando à residência, fica mais fácil acompanhar os gastos e manter o controle das contas do mês. O mesmo não acontece com o dinheiro picado. No caso das despesas invisíveis, os aplicativos de controle financeiro são muito úteis para ter este controle, pois permitem categorizar 100% das despesas, viabilizando o acompanhamento praticamente em tempo real.

Atenção aos gastos invisíveis!

Compartilhar