Educação Financeira para todos

29OUTUBRO2018 – A reserva de emergência tem um papel bastante importante na proteção do seu planejamento financeiro, você sabe por quê?

Reserva de emergência: proteção para o seu planejamento financeiro

Por mais que você mantenha as finanças pessoais em ordem, os gastos extras sempre aparecem em determinados momentos da nossa vida. Uma falha mecânica do seu carro, manutenção da casa, problemas de saúde na família, enfim, diversos fatores que o levam a despender de uma quantia considerável quando menos se espera. Em momentos como esses, é comum perder o controle da situação financeira.

Em geral, o que se recomenda para este fundo de emergência é juntar dinheiro suficiente para cobrir de três a seis meses de despesas prioritárias. Por exemplo: se você precisa de R$ 2.000 para cobrir seus gastos todo mês, deve juntar algo em torno de R$ 6 mil a R$ 12 mil para construir essa reserva.

Para que você possa entender melhor como funciona a reserva de emergência, confira a seguir algumas situações.

Reserva de emergência: exemplos práticos

Situação 1 – compra do carro
Imagine que você está juntando dinheiro para comprar um carro daqui a um ano. Poupa com disciplina todo mês. Mas, no meio desse caminho, você teve problemas com o imóvel onde mora, e vai precisar realizar alguns reparos. Conclusão: você muda seu planejamento e deixa de poupar para a compra do carro. Se tivesse uma reserva de emergência, poderia utilizar esse dinheiro para os reparos e continuaria poupando para o veículo!

Situação 2 – compra de imóvel
Depois de muito planejamento, um casal resolve comprar um imóvel, com prestação mensal de R$ 1.200, mais as parcelas semestrais. Com o salário de ambos, a decisão de adquirir a casa própria fez todo o sentido. Além das parcelas do financiamento imobiliário, hoje pagam aluguel e condomínio (R$ 1.500).

No entanto, um dos cônjuges perdeu seu emprego. Como fazer? Com a reserva de emergência, o casal poderia continuar as parcelas por um tempo, sem sacrificar o orçamento, até uma sonhada recolocação. Não havendo este fundo de emergência, a solução é realmente apertar o cinto, rever muito bem as despesas, para cumprir com as obrigações financeiras em dia.

Diversas situações pedem reserva de emergência
São muitos os exemplos que podem comprovar a importância de ter uma reserva de emergência. O motivo pode, também, ser muito bom! Imagine um feriado chegando e seus amigos lhe convidam para curtir os dias de descanso numa praia paradisíaca do Nordeste!

Com o compromisso de repor o dinheiro depois, você pode sim usar o dinheiro da sua reserva financeira para situações inesperadas. Assim você não compromete seu orçamento e se reabastece de energia para planejar mais e melhor depois. Mas, vale lembrar: o dinheiro da reserva de emergência deve ser reposto o quanto antes, para ficar protegido financeiramente dos imprevistos.

Crie o hábito de criar fôlego financeiro
Fôlego financeiro significa ter sempre uma receita maior que as despesas, ou uma reserva no seu orçamento que lhe permita cobrir alguns gastos extras. Essa estratégia é fundamental, sobretudo quando se assume uma dívida de grandes proporções, como no caso da compra da casa própria.

Procure, no seu planejamento financeiro, criar sempre este fôlego, que lhe possibilita viver maior tranquilidade. O segredo, para isso, é ter sua planilha de orçamento sempre atualizada, buscando formas de poupar e constituir sua reserva.

Evite gastar mais do que você ganha, tome muito cuidado com o uso do crédito e tenha sob controle as compras parceladas, para evitar o efeito bola de neve das dívidas. Cuide bem da sua saúde financeira!

Links relacionados

O que é reserva de emergência
http://www.financaspraticas.com.br/investir/aprender-a-poupar-dinheiro/o-que-e-reserva-de-emergencia

Saiba como construir a sua reserva de emergência
http://www.financaspraticas.com.br/investir/aprender-a-poupar-dinheiro/o-que-e-reserva-de-emergencia/como-construir-a-sua

Dicas para poupar dinheiro
http://www.financaspraticas.com.br/investir/aprender-a-poupar-dinheiro/dicas-para-poupar-dinheiro

Reserva de emergência: proteção para o seu planejamento financeiro

Compartilhar