Educação Financeira para todos

Os meses de janeiro a março são conhecidos por algumas despesas que apertam o bolso, caso não sejam programadas. Embora sempre aconteça desta forma, é comum as pessoas se perderem nas contas, principalmente pelos abusos cometidos nas festas de Natal e Réveillon.

Atenção aos gastos de início do ano

Além das compras, há ainda o período de férias, que naturalmente exige mais gastos, principalmente para quem tem filhos e pretende oferecer lazer e diversão nesse período de recesso escolar.

Um dos segredos de um bom planejamento financeiro é compreender a sazonalidade que afeta o nosso bolso. Isso significa ter consciência de que, durante o ano, há momentos em que nossos gastos aumentam e, em outros nossas receitas são maiores. Cabe a cada um identificar essas fases, por meio da planilha de orçamento.

Prepare-se
Já sabendo que o período de gastos está chegando, procure economizar, segurando um pouco o consumo na época de Natal, guardando o dinheiro extra que recebe (restituição do IR, férias, décimo terceiro etc.) e, principalmente, listando quais serão seus gastos. Os mais comuns são:

  • IPTU
  • IPVA
  • Matrícula escolar
  • Compra do material escolar
  • Compra do uniforme

Controle seu orçamento
O segredo para proteger o seu orçamento é elaborar uma planilha com um ano de receitas e despesas, identificando assim os momentos em que você gasta mais. Dessa maneira, poderá se programar melhor, reduzindo despesas de um lado, para custear outras, ou mesmo guardando dinheiro para cobrir os gastos extras.

Receitas sazonais
Assim como acontece com as despesas, há durante o ano momentos em que sua receita aumenta e cabe a você monitorar quando isso acontece, planejando bem o uso deste dinheiro: pode ser o pagamento das férias, do décimo terceiro salário, da PLR (Participação nos Lucros e resultados), distribuição de bônus, restituição de IR ou, no caso de quem recebe por comissão, períodos em que seus ganhos aumentam.

Você pode utilizar este dinheiro para iniciar a construção de uma reserva de emergência, pode planejar a regularização de algumas dívidas, programar a viagem de férias da família ou mesmo começar a investir. O caminho é: planejar!

Atenção aos gastos de início do ano

Compartilhar