Educação Financeira para todos

Férias, falta de controle na hora de parcelar suas compras, gastos por impulso. Se você abusou das despesas recentemente, é natural sentir o impacto no bolso. O caminho agora é economizar dinheiro e estabelecer sua estratégia para sair do vermelho, planejando o pagamento de dívidas.

Saindo do vermelho

E como reorganizar a vida financeira? Para ter uma visão concreta quanto à sua situação, é hora de colocar todas as informações na planilha de orçamento. Preenchida com atenção, ela lhe dirá como vai a saúde do seu bolso.

Para isso, você precisa alimentá-la com informações completas, detalhadas, que possam apontar eventuais problemas logo no início.

Relacione, de um lado, suas receitas líquidas: aquele dinheiro que entra na sua conta todo mês. De outro, liste todos os seus gastos: comece com as despesas que você precisa pagar todo mês, tais como condomínio, aluguel ou financiamento do imóvel, parcela do carro, seguro, contas de água, telefone, luz, gás etc. Depois, passe para as despesas com supermercado, plano de saúde, alimentação e transporte.

Inclua os gastos com vestuário, lazer, cuidados pessoais. Relacione tudo o que lembrar. As faturas do cartão de crédito são um excelente recurso para avaliar quanto você está gastando mensalmente, e com quê.

Confira aqui cinco dicas importantes para reorganizar suas contas:

  1. corte e reduza despesas: avalie no seu orçamento quais despesas podem ser eliminadas, mesmo que temporariamente, e as que você consegue reduzir. Vigie o consumo de água, gás, energia elétrica. Avalie seu pacote do celular, reveja alguns hábitos de consumo no supermercado. Você vai sentir a diferença!
  2. evite contrair empréstimos para quitar dívidas: opte por este caminho somente se não houver alternativa. Lembre-se: uma dívida leva à outra. O mais seguro, neste caso, é que você negocie suas pendências e corte o máximo possível de custos.
  1. faça mais refeições em casa: os gastos com alimentação estão cada vez mais altos, sobretudo os realizados na rua.
  1. busque alternativas de renda: existe alguma atividade que você faça bem e que possa lhe garantir um dinheiro extra? Aulas de violão, idioma ou reforço escolar, tradução e revisão de textos, passeio com cães da vizinhança, produção de bijuterias. Coloque sua criatividade para funcionar e garanta um reforço no seu orçamento.
  1. não se isole: por mais que a situação lhe pareça difícil, saiba que se trata de algo passageiro. Busque o apoio de parentes e amigos, evite ficar sozinho. Tudo vai se resolver antes do que você imagina.

Para cuidar do seu bolso, atenção:

  • mantenha seu orçamento sob controle;
  • estabeleça um plano de pagamento de dívidas em atraso: renegocie e evite o acúmulo de parcelas e efeito dos juros;
  • fuja das compras por impulso;
  • pague sempre o valor total da fatura do cartão, na data correta;
  • evite utilizar o limite do seu cheque especial.

Share