Educação Financeira para todos

Os meios eletrônicos de pagamento vêm substituindo o tradicional dinheiro em espécie e o cheque já há algum tempo no Brasil. E para se sair bem em um mercado altamente competitivo, o lojista precisa oferecer aos seus clientes a comodidade de pagar as contas com cartões.

Para lojistas

No entanto, não basta apenas colocar à disposição do consumidor novas e modernas formas de pagamento. Também é preciso ficar atento para que os dados deles estejam a salvo.

Em primeiro lugar, saiba que os bancos investem tempo e dinheiro para disponibilizar ferramentas e recursos que diminuem os riscos de fraudes com dados. Assim, procure sempre a ajuda deles para dispor dessas tecnologias. Também avalie a real necessidade de manter os dados dos seus clientes armazenados, de acordo com o tipo de seu negócio.

Frequentemente, as empresas não percebem que guardam dados desnecessários – e sujeitos a serem roubados – até a realização de uma auditoria. Criminosos não costumam atacar empresas que adotam boas práticas de segurança, tampouco aquelas que não possuem informações úteis para os golpes.

O lojista também deve ficar atento aos itens básicos para manter os dados protegidos. Entre eles, está o uso constante dos recursos de firewall e dos programas antivírus, que, por sua vez, devem ser regularmente atualizados.

A adoção de senhas seguras (difíceis de serem descobertas e trocadas com frequência) também pode aumentar a sua proteção. Por fim, evite abrir links ou e-mails suspeitos que possa receber, bem como aqueles vindos de remetentes desconhecidos.

Share