Educação Financeira para todos

Conciliar receitas e despesas, controlar o orçamento, planejar... Estes são princípios básicos para garantir o sucesso de suas finanças pessoais. No entanto, nem sempre é fácil organizar tudo, principalmente na correria do dia a dia.

Pagamentos

Que tal, então, programar o pagamento de suas contas, com o objetivo de evitar esquecimentos, atrasos e, claro, o pagamento de multas?

Além de uma planilha com todos os vencimentos, colocar as contas em débito automático e usar o cartão de crédito como ferramenta de planejamento são ótimas dicas para organizar os pagamentos.

Procure conciliar vencimentos
Contas de serviço (como água, luz e telefone) normalmente permitem que o consumidor escolha a melhor data de vencimento, para que o pagamento seja feito de acordo com o dia em que recebe seu salário. Assim, uma dica é avaliar as datas de vencimento destas contas e colocá-las para o mesmo dia, ou em dias próximos, o que facilita o cumprimento da obrigação e evita o esquecimento.

O débito automático, permitido para a maioria dessas despesas, também pode ser aconselhável, desde que o consumidor tenha controle de seus gastos. É importante lembrar que, caso o consumidor não tenha saldo na conta-corrente, mas tenha limite de cheque especial, por exemplo, o valor será debitado e o correntista, apesar de não pagar multa por atraso, pagará juros pela utilização do cheque especial.

Para evitar problemas como este é importante, também, conciliar as datas de vencimento das contas com os períodos de pagamento.

Por exemplo: quem recebe, integralmente, no quinto dia útil do mês, pode programar suas contas de acordo com esta data. Assim, na certeza da receita, as despesas ficam mais garantidas.

A mesma dica é válida para quem recebe em duas vezes, como no dia 20 e no dia 10. Assim, é possível dividir os vencimentos, de acordo com o montante que entra em cada período.

Cartão de crédito
Para compras do dia-a-dia, como supermercados, açougue etc., o cartão de crédito pode ser um importante aliado do planejamento. Na certeza da data de pagamento, o consumidor não se perde nas despesas e concentra todas as contas em um único vencimento: o da fatura do cartão.

Neste caso, também é importante avaliar a data do recebimento do salário, para escolher o melhor período para o pagamento da fatura. Aqui também fica a dica: quem recebe em uma única data pode optar por pagar a fatura do cartão em um período próximo.

Para aqueles que recebem em duas vezes, no entanto, uma sugestão seria a contratação de dois cartões, com datas diferentes de pagamento, para que as despesas, assim como a receita, também sejam divididas e, claro, planejadas!

Data certa para poupar
Além das contas a pagar, você pode também se programar para poupar, que tal? Por exemplo: no dia do seu pagamento, uma porcentagem já é automaticamente transferida para outra conta ou destinação, seja ela de poupança ou outras opções de investimentos.

Dessa maneira, você cria um hábito e procura ajustar seu orçamento ao valor disponível na sua conta corrente. Aproveite melhor as ferramentas de planejamento financeiro, e boa sorte!

Pagamentos

Compartilhar