Educação Financeira para todos

08 de novembro de 2019

Como a sazonalidade pode afetar minha empresa?

Todo negócio está sujeito a altos e baixos, por conta de diferentes fatores, como a situação econômica do País, tendências de mercado, características do segmento escolhido, ou mesmo pela sazonalidade, que pode ser positiva ou negativa.

Para entender a sazonalidade, basta observar o movimento da sua empresa em determinadas épocas do ano, em função de férias escolares, festas natalinas, datas comemorativas etc. Para o comércio de roupas femininas, por exemplo, dia das Mães, dia dos Namorados e mesmo o Natal costumam impulsionar as vendas e, consequentemente, aumentar os ganhos (sazonalidade positiva).

Já uma sorveteria bem estabelecida costuma ter grande movimento nos meses de calor e, depois, precisa se reinventar para garantir público no inverno, evitando neste caso os efeitos negativos da sazonalidade. Pode inserir no cardápio algumas bebidas quentes, bolos etc., que não descaracterizem seu negócio, mas que o complemente.

Priorize o seu Fluxo de Caixa
Há momentos em que você se vê com um fluxo de despesas muito maior do que seus ganhos, como época de pagamento de décimo terceiro, férias, recolhimento de alguns impostos etc. (sazonalidade negativa).

Cabe a você monitorar quando isso acontece, programando bem as finanças da sua empresa. Pense no fluxo de caixa como o coração do seu negócio. Em um primeiro momento, de forma simplificada, podemos dizer que ele controla a entrada e saída de dinheiro da sua empresa. No entanto, ele envolve estratégia, quando você aprende a interpretá-lo e toma decisões significativas para melhorar a saúde financeira da sua empresa.

Como a sazonalidade pode afetar minha empresa?

Saiba proteger o seu fluxo de caixa
Ao longo do tempo, você pode adotar estratégias que protegem o seu fluxo de caixa. Veja só:

  • cuide da contabilidade, mantendo processos e sistemas confiáveis;
  • elabore e controle relatórios financeiros;
  • seja sistemático, registrando e acompanhando a movimentação financeira de perto;
  • construa um fluxo de caixa realista e mantenha suas informações sempre atualizadas;
  • prepare seu fluxo de caixa para as adversidades (um cliente que atrasa o pagamento, por exemplo) e a sazonalidade.

Dicas para conhecer melhor e lidar com a sazonalidade
Algumas perguntas podem ajudar você a analisar o impacto da sazonalidade no seu negócio, protegendo-o melhor. Veja só:

  1. Seu negócio está sujeito à sazonalidade?
  2. Esta sazonalidade tem data definida?
  3. Todos os seus produtos e serviços sofrem impacto da mesma sazonalidade?
  4. Há formas de diversificar melhor esses produtos e serviços?
  5. Quais produtos/serviços possuem demanda na ocorrência da sazonalidade?
  6. É possível criar outro produto ou serviço que lhe proteja desta sazonalidade?
  7. Em qual época do ano seu fluxo de caixa sofre impacto negativo?
  8. Como estabelecer uma reserva de emergência para superar esses momentos “ruins”?

Reserva de emergência: também nos negócios!
Crie uma estratégia para guardar pelo menos 30% dos seus lucros, assim, em caso de emergência no período de sazonalidade, você terá opções de se manter e voltar com tudo no seu período de alta. Cuide bem da saúde financeira da sua empresa, não misture este controle com o das suas contas pessoais e... Sucesso!

Links relacionados:
http://www.financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/passos-para-a-saude-financeira/hora-do-balanco

http://www.financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/gestao-de-equipes/consumo-responsavel-02

http://www.financaspraticas.com.br/empreender/gestao-e-negocios-pme/passos-para-a-saude-financeira

Fonte de Pesquisa:
https://endeavor.org.br/vendas/sazonalidade/

Compartilhar


Compartilhar